últimas notícias








Notícias

1 17/03/2019 07:30

Mais dois adolescentes feridos no massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP) receberam alta. 

Murillo Gomes Louro Benite, de 15 anos, recebeu alta no início da noite de sábado (16/3). O ataque deixou oito mortos na última quarta-feira (13).

Samuel Silva Félix e José Vitor Ramos estavam internados no Hospital Santa Maria, em Suzano, e foram liberados. Samuel foi o primeiro a deixar o hospital.

José Vitor saiu logo em seguida. Ele foi ferido por um machado no ombro e deu entrevista ao deixar o hospital. Após correr do atraque, mesmo com o machado fincado no ombro, ele correu e sozinho conseguiu chegar a um hospital, onde foi socorrido.

Uma das sobreviventes, Rhyllary Barbosa dos Santos, de 15 anos, que é lutadora de jiu-jítsu, contou que lutou contra um dos assassinos.

Ela ainda conseguiu abrir a porta de entrada e da escola para que outros estudantes pudessem escapar. Mas Rhyllary recusa o título: "Sou apenas uma sobrevivente".

Após os ataques, um dos assassinos atirou no comparsa e, então, se suicidou.

Os assassinos, de 17 e 25 anos, eram ex-alunos do colégio. A polícia diz que os dois tinham um "pacto" segundo o qual cometeriam o crime e depois se suicidariam. Ainda não se sabe a motivação do massacre.

As aulas foram suspensas e devem ser retomadas na segunda-feira (18).

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.