Notícias

1 13/07/2018 16:20

Após reunião em Brasília com o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Edison Garcia, o Sindicato Nacional dos Aposentados (Sindnapi) ainda não tem certeza sobre o adiantamento do 13º salário deste ano. De acordo com o presidente da entidade, Marcos Bulgarelli, um ofício com o pedido de antecipação do abono foi entregue ao órgão, que posteriormente o encaminhará ao Ministério do Planejamento.

— Levamos nosso pleito ao presidente, mas sabemos que não depende dele, visto que a antecipação depende de decreto presidencial. Porém, destacamos que o pagamento antecipado é um direito adquirido dos aposentados e pensionistas, que já contam com o dinheiro no próximo mês — diz.

O adiantamento da primeira parcela, 50% do total do benefício, é concedido desde 2006 aos segurados, depositado entre o fim de agosto e o início de setembro. Já a segunda parcela, que é a diferença entre o valor total do benefício e o valor da antecipação, é paga com os benefícios correspondentes ao mês de novembro, em que os segurados geralmente recebem entre o fim de no novembro e o início de dezembro.

No ano passado, o governo federal publicou o decreto que oficializa a antecipação do 13º salário dos segurados INSS no dia 28 de julho. Na ocasião, a primeira parcela da gratificação natalina foi depositada com a folha de pagamentos de agosto, entre os dias 25 de agosto e 8 de setembro, de acordo com o número final do cartão do benefício.

Vale destacar que o desconto do Imposto de Renda (IR) é cobrado somente na segunda parte do abono. Os segurados que recebem auxílio-doença também recebem antecipação proporcional ao período do benefício, que é temporário.

O Globo

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.