Notícias

1 18/05/2018 11:20

Trinta e quatro bispos chilenos pediram demissão coletiva nesta sexta-feira (18) após os escândalos sexuais cometidos por religiosos.

Em declaração lida pelos porta-vozes à imprensa, os 34 bispos convocados pelo papa no Vaticano para prestar conta sobre os escândalos anunciaram que "todos" puseram suas "acusações nas mãos do Santo Padre para que livremente decida em relação a cada um". 

Não se sabe se o papa vai aceitar todas as denúncias ou parte delas. 

Em uma carta entregue na quinta (17), após 3 dias de reuniões no Vaticano, Francisco se dispõe a tomar medidas severas, "mudanças e resoluções".

Na declaração, os bispos voltaram a "pedir perdão pela dor causado às vítimas", agradeceu-lhes por "sua perseverança e coragem", apesar das dificuldades e "dos ataques da própria comunidade eclesiástica".

Coreio

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.