últimas notícias








Notícias

1 14/01/2022 11:36

Recomendação do Ministério da Saúde é de que, após receber vacina contra Covid-19, crianças esperem em observação por 20 minutos

Com a vacinação infantil contra Covid-19 prevista para começar ainda nesta sexta-feira (14), Salvador se organiza para seguir as orientações do Ministério da Saúde. A prefeitura, no entanto, estuda dispensar uma das orientações, caso haja o risco de causar aglomeração nos postos. Segundo o prefeito Bruno Reis, a recomendação é de que após aplicada a dose, a criança fique em observação por 20 minutos no posto.

"Tem que aguardar 20 minutos para ver se vai ter alguma reação adversa e só assim será liberada. Porém se tiver risco de aglomeração, se por conta disso, tiver grandes filas, eu vou abir mão dessa exigência. E aí pode vir Ministerio da Saúde, ou outro órgão para adotar as providencias que acharam cabíveis", disse o prefeito, nesta sexta-feira (14).

De acordo com o gestor municipal, seria difícil uma reação ocorrer nesse intervalo de tempo. "Eu não sou esepcialista em area de saude é muito difícil uma criança ter uma reação adversa em 20 minutos. É muito difícil, pode ter depois, e nós temos uma estrutura para atender, como temos para outras idades", disse.

O prefeito também lamentou a burocracia imposta pelo governo federal para vacinar as crianças. "Infelizmente a gente lamenta a dificuldade dos processos. As crianças vão ter que levar autorização por escrito para serem vacinadas. Além da presença do pai, da mãe ou do responsável, precisa ter uma declaração em escrito. Tudo isso só traz mais embaraços", completou. 

 

*Metro1

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.