últimas notícias








Notícias

1 22/10/2021 15:35

O suposto caso de agiotagem envolve ameaça de morte a quem não pagasse a dívida. O parlamentar também estaria envolvido com lavagem de dinheiro e fraude em licitação

O vereador Carlinhos da Barreira (MDB) de Duque de Caxias foi preso preventivamente nesta sexta-feira (22) junto com dois policiais militares, Ricardo Silva dos Santos e Carlos Alexandre da Silva Alves. Eles são acusados de agiotagem e extorsão. Carlinhos da Barreira também estaria envolvido com lavagem de dinheiro e fraude em licitação.

A operação Barreira Petrópolis é realizada pelo Ministério Público Estadual (MPRJ), em conjunto com a Polícia Civil e a Corregedoria da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos acusados.

De acordo com o MPRJ, o parlamentar emprestava dinheiro à pessoas físicas e exigia pagamento de juros mensais. Um dos casos investigados é sobre um empréstimo de R$1 milhão que o vereador teria feito para um empresário do ramo de venda de automóveis. Os juros do empréstimo chegaram a R$35 mil por mês.

Ainda segundo a denúncia, um ano depois, quando o empresário não conseguiu pagar o montante, o vereador Carlinhos havia acionado os PMs Ricardo e Carlos Alexandre para ameaçá-lo de morte.

 

 

*Metro1

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.