últimas notícias








Notícias

1 10/11/2019 08:03

Ministro da Justiça afirmou, sem citar o ex-presidente, que 'algumas pessoas só merecem ser ignoradas'.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou na tarde deste sábado (9) que não responderá a "ofensas" de "criminosos, presos ou soltos". O ex-juiz da Operação Lava Jato foi chamado de “canalha” pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante discurso em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. 

“Aos que me pedem respostas a ofensas, esclareço: não respondo a criminosos, presos ou soltos. Algumas pessoas só merecem ser ignoradas”, afirmou Moro neste sábado no Twitter.

Lula foi solto na sexta-feira (8) após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele ficou preso durante 580 dias na Superintendência da Polícia Federal após ser condenado em duas instâncias da Justiça por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. *M1

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.