Esportes

1 10/07/2024 14:24

Caso aconteceu durante confusão no estádio de Pituaçu, na segunda-feira (8)

A Justiça da Bahia concedeu, nesta quarta-feira (10), liberdade provisória a Hugo Duarte, treinador do JC do Amazonas, preso após uma denúncia de injúria racial contra a jogadora Suelen Santos, do Esporte Clube Bahia. Ele pagou R$ 42 mil para ser liberado.

A juíza Marcela Moura França determinou medidas cautelares como proibição de aproximação a menos de 200 metros da vítima, comparecimento bimestral em juízo por período de um ano e também a todos os atos processuais.

O caso aconteceu na última segunda-feira (8), no Estádio de Pituaçu. O treinador teria chamado Suelen Santos de "macaca". A Polícia Militar foi acionada e uma equipe do BEPE fez a prisão em flagrante do técnico português. Ele irá passar por uma audiência de custódia nesta quarta-feira (10).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*As informações são do Globo Esporte

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.