Notícias

1 12/12/2017 12:19

Segundo a família morosidade no atendimento pode ter sido a causa da morte de um membro da família

O idoso Humberto Correia dos Santos, “Betão” de 73 anos, morreu nesta segunda-feira (11) depois de esperar seis horas por atendimento no Hospital Municipal Dr. José da Costa Pinto Dantas em Belmonte, segundo a família. O paciente acabou sendo transferido para Porto Seguro, não resistindo, vindo a óbito dentro da ambulância. Depois de 12 intensos dias na corrida contra o tempo, a família do idoso que em idas de voltas ao hospital, ouvia dos médicos que o atendiam a palavra “ele está bem, pode levar para casa”, neste momento estão tendo motivos de sobra para derramar as lágrimas.

A família correia acredita intensamente que a falta de respeito e a lentidão no atendimento, pode ter provocado a morte do Sr. Humberto. Todas as vezes que o paciente chegava para ser atendido era visível a demora, horas não tinha enfermeiros, horas ninguém dava muita importância. Muitas das vezes apenas aplicavam soro sempre furando as veias nos mesmos lugares, em seguida mandavam levar para casa.

Na madrugada da última segunda-feira (11), por volta das 02 horas da manhã, o idoso voltou a passar mal sendo deslocado outra vez para o hospital. Segundo informações da senhorita Thailanne Mazzone neta do falecido, ao adentrar nas dependências do pronto socorro, ela tentou antecipar o pedido de atendimento para o seu avô que se contorcia de dores, porém a informação passada para a ela e demais pessoas da família através de uma enfermeira, é que o médico estava descansado e não poderia atender naquele momento.  

Por volta das 08h10 minutos, após o médico de plantão alegar que não era possível fazer nada,  foi adquirida uma ambulância para transferir o paciente que ainda segundo informações ao chegar à balsa, o enfermeiro da ambulância do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Cabrália, constatou que o balão de oxigênio da viatura de Belmonte estava sem gás.

A notícia pegou a família de surpresa que ao saber da informação tiveram maiores motivos para ficarem apreensivos. Ao ser transferido para Porto Seguro, o idoso chegou ao destino sem vida. Ainda nesta última segunda-feira, o corpo foi removido para Belmonte por volta das 21 horas, o sepultamento acontecerá nesta terça-feira (12) apartir das 15 horas.

Segundo comunicado de familiares, filhos e netos estão se lamentando, pois acreditam que se os médicos que o atenderam, tivessem passado exames aprofundados para descobrir o motivo das dores pela qual passava o paciente, o mesmo poderia ter se salvado, já que segundo alegações médicas, detectou-se que possivelmente o idoso Humberto Correia poderia está com líquido no estomago.

Observação:

O hospital do município é campeão em reclamações pela falta de estrutura, não tendo lençol, nem leitos o suficiente que possa atender uma população tão sofrida. A mesma bate recorde em reclamações da falta de vontade de funcionários em prestar um bom serviço. Por ter um prefeito e irmão um deputado estadual, a familiares e amigos espera, uma atitude imediata por parte do poder público municipal que venha,  melhorar o atendimento na saúde daquela cidade.

Matéria: Ney Amaral

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.