últimas notícias








Notícias

1 21/03/2019 20:19

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nefi Cordeiro determinou que o líder religioso João de Deus, preso preventivamente desde dezembro, seja transferido para o Instituto de Neurologia de Goiânia.

Cordeiro atendeu a um pedido da defesa de João de Deus, que está detido no município de Aparecida de Goiânia acusado de abuso sexual, posse ilegal de armas e coação de testemunhas. A decisão é para um período inicial de quatro semanas de tratamento.

O ministro destacou, porém, que o médico responsável deverá comunicar qualquer melhoria antecipada no estado de saúde de João de Deus para que ele possa voltar a se tratar no presídio. 

Cordeiro determinou ainda que João de Deus fique acompanhado de escolta policial ou seja submetido a monitoramento eletrônico. A medida é para prevenir uma tentativa de fuga.

O ministro disse que a decisão de permitir a transferência do líder religioso a um hospital ocorreu em virtude de provas de que há risco de morte do paciente e que não se trata de tratamento diferenciado

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.