Notícias

1 16/10/2018 16:10

Após a publicação em um site da região do Recôncavo dando conta de que um grupo de estudantes da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB teria agredido um cidadão durante a Feira Literária de Cachoeira - FLICA, em função de discordâncias políticas, a instituiçãoi divulgou nesta terça-feira (16/10), uma nota esclarecendo os fatos. 

Em um trecho da nota, a UFRB afirma que 'O CAHL-UFRB contribui com a responsabilidade social e para qualificação da comunicação pública no Recôncavo e no Brasil, de modo que o primeiro passo para isso é não disseminar notícias falsas (fake news) e/ou de apologia ao ódio e a intolerância, defendendo sempre a devida e ampla apuração dos fatos narrados'.

LEIA NA ÍNTEGRA

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB - está em Cachoeira desde 2006, ocasião da instalação do campus do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) na cidade. Já são 12 anos de atividades em ações de pesquisa, extensão e ensino, promovidas por uma universidade pública, gratuita, inclusiva e qualificada. Esta universidade muito tem trazido para o desenvolvimento do Recôncavo da Bahia, sendo reconhecida internacionalmente e pela população local, principalmente, muitas famílias pobres e desta região, que conseguiram, pela primeira vez, ver seus filhos e filhas cursando ensino superior e se diplomando em cursos de reconhecida qualidade.

Assim, nos causa indignação a publicação de conteúdos sensacionalistas e sem a devida apuração de fatos que tem ganhado volume nas últimas semanas. Um desses casos foi o texto publicado pelo Blog Cruz na Tela, no dia 15/10/2018, acusando estudantes da UFRB de agressão a um cidadão durante a Feira Literária de Cachoeira - FLICA, em função de discordâncias políticas. No regime democrático, qualquer cidadão tem liberdade de escolha dos seus representantes políticos, fundamentando sua opção no debate e diálogo de propostas, sem apelar para mensagens de ódio, intolerância ou o uso da violência.

É fundamento básico da Comunicação - e pilar da técnica jornalística - ouvir as partes envolvidas nos assuntos relatados. O blog acima referido sequer procura apresentar os fatos seguindo esse princípio. O teor do texto é de disseminação de ódio e lançamento de suspeitas sobre toda uma comunidade de jovens que está em formação para atuação profissional, produzindo um discurso infundado e estigmatizante sobre a UFRB e sua comunidade acadêmica. Ao inverter a lógica dos fatos e vitimizar o agressor (que foi detido e conduzido pelos policiais), falta com a verdade, revelando uma parcialidade que não condiz com os valores éticos tão caros ao jornalismo e a esta universidade.

O CAHL-UFRB contribui com a responsabilidade social e para qualificação da comunicação pública no Recôncavo e no Brasil, de modo que o primeiro passo para isso é não disseminar notícias falsas (fake news) e/ou de apologia ao ódio e a intolerância, defendendo sempre a devida e ampla apuração dos fatos narrados".

Jorge Cardoso Filho

Diretor do CAHL-UFRB

Gabriel da Costa Ávila

Vice-diretor do CAHL-UFRB

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.