Notícias

1 11/10/2018 17:00

A Polícia Federal deflagrou duas operações nesta quinta-feira (11) para desarticular um plano do Primeiro Comando da Capital (PCC) para realizar atentados contra agentes públicos e explodir bombas em prédios públicos em todo o Brasil. 

Segundo a PF, um dos alvos seria a sede do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), em Brasília. Com base na análise de bilhetes apreendidos pelos agentes do Depen, os setores de inteligência do órgão e da polícia interceptaram ordens dos principais líderes da facção que, de dentro da penitenciária federal de Porto Velho, em Rondônia, articulavam a ação criminosa.

As operações Pé de Borracha e Morada do Sol cumpriram três mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão, sendo três deles em celas da penitenciária e um imóvel de Porto Velho. Também serão proibidas as visitas íntimas para os alvos e eles serão incluídos no regime disciplinar diferenciado, o RDD.

Uma das operações, a Morada do Sol, mirou o plano do PCC de sequestrar, torturar e assassinar agentes públicos para pressionar o governo federal e o Supremo Tribunal Federal (STF) a liberar as chamadas visitas íntimas nos presídios federais. Essas visitas estão suspensas desde julho de 2017.

Bahia Notícias

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.