Notícias

1 18/09/2018 11:30

Cristina Pita

A Rede Baiana de Rádio (RBR), através da Rádio Andaiá FM, de Santo Antônio de Jesus, iniciou na segunda-feira (17/9) uma série de entrevistas com os candidatos ao Governo da Bahia nas eleições 2018. As entrevistas são transmitidas em rede durante o programa Levante a Voz, que vai ao ar das 5h30 às 8h30, de segunda a sexta, para as rádios Vale FM, de Amargosa; Costa Sul, de Canavieiras, e Jaraguar, de Jacobina.

Na manhã desta terça-feira (18/9), o candidato a reeleição, o governador Rui Costa (PT), foi sabatinado pelos profissionais da Vale FM, Costa Sul e Andaiá FM. Economista por formação, Rui Costa, governador da Bahia desde 2015, nasceu no bairro da Liberdade, em Salvador. Concluiu o curso de instrumentação da Escola Técnica Federal (hoje IFBA) e a cursou ciências sociais antes de migrar para economia, na Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Foi presidente do Sindiquímica e ajudou a fundar o PT. Em 2000, foi eleito vereador pela capital baiana e reeleito em 2004. Entrou no governo de Jaques Wagner em 2007 como Secretário de Relações Institucionais. Em 2010, deixou o cargo para ser deputado federal. Dois anos depois, se tornou Secretário-Chefe da Casa Civil da Bahia, no segundo mandato de Wagner.

O radialista Hudson Moura, da Costa Sul FM, questionou Rui Costa sobre o fato de que nas cidades de pequeno porte do interior baiano as delegacias funcionam de forma deficiente e muitas delas não possuem profissionais ou estrutura física adequada. Outro problema é que as delegacias fecham na sexta-feira e só reabrem na segunda. Se houver um crime a ser comunicado, o serviço não pode ser prestado. Moura também questionou o fato das viaturas da PM precisarem se deslocar de municípios menores transportando presos e com isso as cidades ficam desguarnecidas. O que mudadrá nessa realidade, caso o senhor seja reeleito?

Rui Costa respondeu garantindo que em seu governo, realizou concurso para a Polícia Civil e Militar, quando houve o maior número de policias contratados. "Ao longo desses quatro anos contratamos 6.500 policiais. Esse foi o maior número de contrações já feita na Bahia. A última turma de policiais militares está terminando treinamento e até dezembro estarão distribuídos nas cidades. No caso da Poícia Civil tivemos um concurso recentemente, mas infelizmente o número de aprovados foi abaixo do número de vagas oferecidas", explicou.

Da Vale FM, de Amargosa, o radialista Naldo Filho questionou o candidato sobre as crtíticas recebidas, enquanto governador, em relação a política salarial adotada pelo seu governo no primeiro mandato e o que poderá mudar nesse aspecto se for reeleito. Ruio Costa justificou que foram dados reajustes de salário para todos os servidores em 2015, mas que o giverno não teve condições de disponibilizar esse reajuste nos anos seguintes. "Então fizemos promoção na carreira de todos os servidores tais como, professores, policiais militares e civis, e os agentes da saúde. Isso foi ocasionado pela crise, que desestabilizou a arrecadação econômica dos estados e por conta disso foi preferível pagar os salários em dia, já que a crise impossibilitou os reajustes de serem feitos", pontuou.

Confira na íntegra:

 

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.