Notícias

1 12/03/2018 17:00

Em vídeo divulgado na tarde desse domingo (11), nas redes sociais, o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), afirma que estão fazendo de tudo para que Lula seja preso. Mas o parlamentar adianta que o povo não aceitará a prisão.

Pimenta diz que os editoriais do jornais no final de semana fazem uma escalada para tentar “convencer” que a prisão do ex-presidente pode estar próxima. Entretanto, o parlamentar alerta que essa medida injusta contra Lula poderá levar o País a uma crise institucional sem precedentes.

"Nós não aceitaremos essa condenação, nos não aceitamos essa sentença, e ela vai mergulhar o país em uma crise institucional. Essa movimentação dos grandes jornais, somada à conduta da ministra Cármen Lúcia, levam o país para a beira do caos, com consequências imprevisíveis", afirmou.

O deputado gaúcho afirma que o Supremo Tribunal Federal (STF) precisa, sim, julgar o habeas corpus preventivo, já pedido pela defesa do ex-presidente Lula.

Desde que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou habeas corpus preventivo ao petista, cresce no partido o receio de que Lula seja preso, após julgado o último recurso impetrado por sua defesa, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o que pode ocorrer ainda este mês. O ex-presidente foi condenado em primeira e segunda instâncias, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, a 12 anos e um mês em regime fechado.

Notícias ao minuto

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.