Entretenimento

1 16/10/2018 15:40

O ator Caio Castro está sendo acusado de ter cometido atos de vandalismo durante um evento de paraquedismo na Espanha. O perfil oficial da página Skydive Empuriabrava, responsável pela competição, publicou um texto na última segunda-feira acusando o ator e outros dois amigos dele de terem destruído grande parte dos carros e da estrutura que havia sido montada no local. O valor do prejuízo, segundo o post, foi calculado em 10 mil euros, o que equivale a R$ 43 mil.

O comunicado afirma que o grupo em que estava Caio Castro "invadiu a propriedade privada e roubou carros de artes" e que os mesmos dirigiram carros que estavam em exposição "completamente bêbados e sob efeito de drogas". "...Tivemos que contê-los e arrastá-los para fora dos veículos", diz o texto.

"Uma vez em que eles foram expulso dos veículos, decidiram pichar os nossos veículos e tentaram fugir. Conseguimos fazê-los limpar 10% de toda a destruição que tinham feito", continua o comunicado, que exibiu ainda fotos de carros e paredes pichadas. Veja abaixo mais trechos.

O texto da página do evento foi compartilhado pelo paraquedista brasileiro Rogerio Fleury. Ele afirma ter presenciado a cena.

"Os caras não participaram do evento, chegaram no último dia. E ainda foram expulsos. Atletas? Esses cara são atletas de quê? Me colocaram em uma situação da qual eu e nem nenhum dos 16 brasileiros aqui presentes precisavam passar. Erraram e não tiveram a hombridade de pedir desculpas. Assumi tudo no peito Sr. Caio e Sr. JP Possos, fui humilhado e escutei coisas que não precisava escutar, ate eu conseguir arrumar toda a merda e lambança que vocês fizeram aqui", relatou.

Procurada, a asssessoria de imprensa do ator Caio Castro, afirmou que ele irá se pronunciar sobre o caso com um comunicado oficial, que será divulgado em breve.

* Expedição nômades vandalismo & destruição em Skydive Empuriabrava // INVESTIGAÇÃO POLICIAL // por favor, compartilhe!!!!!

Na última noite de festa da Burning Spring Festival, um grupo de #influenciadores brasileiros chamado Caio Castro jppossos e Matheus Coutinho vandalizou e destruíu uma grande parte dos carros e estruturas de arte que tínhamos construído por um ano. O valor da sua destruição foi calculado em 10.000 euros. Eles nunca nem pagaram mil (euros). O seu gerente Sandro Andrade decidiu não pagar um centavo. Tenhamos em mente que essa galera tem montes de dinheiro...

Em primeiro lugar, invadiram uma propriedade privada e depois roubaram carros de arte. Quando percebemos, eles estavam dirigindo completamente bêbados e sob efeitos de drogas e de uma forma muito perigosa. Tvemos que contê-los-los e arrastá-los para fora dos veículos. Podiam ter ferido as pessoas com a sua atitude.

Uma vez em que eles foram expulso de veículos em movimento decidiram pulverizar a pinta de todo o local e em todos os nossos veículos. Eles tentaram fugir. Conseguimos fazê-los limpar 10 % de toda a destruição que tinham feito.

Essa coisa destruiu a vibe toda de um evento lindo que estávamos fazendo e a comunidade brasileira ficou totalmente enojada com a imagem que eles projetaram.

#Babylonfreefly ganhou respeito na comunidade de paraquedismo depois de anos de trabalho duro e essa galera realmente cometeu um grande erro. Eles estão atualmente banidos de Empuria, mas nós gostaria que todos soubessemos quem são esses monstros...

[...]

#Nomadsbr estão atualmente sob investigação policial por vandalismo, violência, embriaguez e invasão de propriedade privada e da próxima vez que eles puserem os pés em qualquer aeroporto espanhol eles serão imediatamente presos e talvez, então, nós vamos ser ressarcidos pelo que eles destruíram.

Compartilhe se você acredita na justiça!".

Extra
Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.